Ajuda

O Portal de Indicadores de Consumo “SIBS Analytics” mostra, de forma agregada e organizada, os dados transacionados pela SIBS, na multiplicidade de canais que gere. Aqui pode visualizar indicadores de consumo em número e valor, operações de pagamento eletrónico e em numerário, de forma segmentada por setores de atividade e geografia. É ainda possível obter uma caracterização do consumidor português e estrangeiro em Portugal, por grupos de consumo. Estes indicadores podem ser visionados per se em tabelas ou gráficos ou em formato de infografias.

As entidades que pretendam aceder a dados mais detalhados ou aprofundados, podem contactar a SIBS, pelo formulário constante deste Portal.

A informação constante no Portal, bem como o seu respetivo tratamento, assegura representatividade estatística, nunca permitindo qualquer informação individualizada sobre pessoas ou empresas, nem a identificabilidade de dados pessoais.

Setores de Atividade

Os setores de atividade apresentados no portal SIBS Analytics correspondem a uma classificação setorial baseada no CAE (Classificação de Atividade Económica) do comerciante registado na SIBS.

Os agrupamentos dos setores de atividade são:

Comércio a Retalho Especializado
Tecnologia, cultura e entretenimento: eletrodomésticos, eletrónica, livros, etc
– Decoração e artigos para o Lar
– Moda e acessórios
– Veículos e acessórios: autocarros, carrinhas de mercadoria, carros, motas, etc
– Material de construção e bricolage: ferragens, tintas e vernizes, têxteis, ladrilhos, etc
– Jogos, brinquedos e puericultura: artigos e bens para criança
– Material desportivo e recreativo
– Farmácias e parafarmácias
– Comércio tradicional: talhos, peixarias, cervejarias, etc
– Perfumaria e cosmética
– Gasolineiras
– Outro retalho

Comércio a Retalho Não-Especializado
– Super e Hipermercados
– Mercearias, mini-mercados e similares
– Comércio a retalho não-especializado

Comércio por Grosso
– Matérias primas: combustíveis e derivados, ferragens, madeiras, minérios, etc
– Comércio por grosso de bens de consumo: produtos alimentares, bebidas, tabaco, etc
– Agentes de comércio por grosso
– Produtos agrícolas brutos e animais vivos
– Equipamento das tecnologias de informação e comunicação: computadores, periféricos, software, etc
– Máquinas e equipamentos: gruas, tratores, máquinas agrícolas, etc
– Comércio por grosso

Serviços
– Alojamentos Turísticos
– Ensino e formação: ensino regular, ensino privado, escolas de condução, etc
– Seguros
– Serviços imobiliários, construção e arquitetura
– Lazer e viagens: casinos e jogo, agências de viagem, teatro, concertos, etc
– Imprensa, media e publicidade: produção de vídeo e programas televisivos, edição de livros, jornais, etc
– Serviços de catering, restauração e similares
– Serviços de saúde
– Transporte de passageiros e aluguer de veículos
– Telecomunicações e utilities
– Apoio social: lares, centros de reabilitação, etc
– Administração pública: repartições de finanças, tribunais, segurança social, etc
– Serviços de tecnologias de informação: consultoria e programação informática, reparação de equipamentos, etc
– Outros serviços

Produção e Indústria
– Agricultura, caça, floresta e pesca
– Indústrias extrativas
– Indústrias transformadoras

Tipo de Operação

As operações apresentadas em “Indicadores de Consumo” referem-se a:

– Operações em numerário: Levantamentos e depósitos de dinheiro
– Operações de pagamento eletrónico: Compras, Pagamento de Serviços, Carregamento de telemóveis, Pagamentos ao estado, Carregamento de Títulos de Transporte, entre outros
– Todas as operações: Operações em numerário e Operações de pagamento eletrónico

Grupos de consumo

Na secção “Caracterização do Consumidor”, os Grupos de consumo categorizam-se da seguinte forma:

– Consumo Alto: corresponde aos 25% de consumidores com maior consumo a nível nacional
– Consumo Médio alto: corresponde aos 25% a 50% de consumidores com maior consumo a nível nacional
– Consumo Médio: corresponde aos 25% a 50% de consumidores com menor consumo a nível nacional
– Consumo Reduzido: corresponde aos 25% de consumidores com menor consumo a nível nacional

Períodos de estadia

Na secção “Caracterização do Consumidor”, os períodos de estadia estão organizados da seguinte forma:

– Curta duração: Estrangeiros com consumo registado em Portugal durante 1 a 7 dias
– Média duração: Estrangeiros com consumo registado em Portugal durante 8 a 15 dias
– Longa duração: Estrangeiros com consumo registado em Portugal durante 16 a 31 dias
– Múltiplas visitas ou são residentes: Estrangeiros com consumo registado em Portugal durante 32 dias ou mais